Vantagens de consumir medicamentos genéricos

Os medicamentos genéricos possuem o mesmo fármaco (chamado de princípio ativo) do medicamento de referência. Além da mesma dose e forma farmacêutica, é administrado pela mesma via e com mesma posologia, apresentando a mesma eficácia dos remédios de marca.


Por não ter uma marca comercial envolvida, os medicamentos genéricos são mais baratos para o consumidor final, que faz uma economia de, no mínimo, 35% com relação aos demais remédios.


Muito além do preço, esse tipo de remédio oferece outros benefícios. A seguir, listamos as vantagens de consumir medicamentos genéricos. Confira!


Medicamentos genéricos são seguros?


Os genéricos são assegurados por testes da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), o que garante a segura substituição dos remédios de referência prescritos pelo médico.


Quando surgiram no Brasil, em 1999, os genéricos enfrentaram a desconfiança da população, principalmente sobre sua eficácia e segurança. No entanto, o consumo desses remédios tem se tornado cada vez mais comum, beneficiando o acesso à saúde.


Como identificar os medicamentos genéricos?


Na embalagem dos genéricos há uma tarja amarela com a letra “G” e a inscrição “Medicamento Genérico”. Como esse tipo de remédio não tem marca, o que você lê na embalagem é o nome de seu princípio ativo.


7 vantagens de consumir medicamentos genéricos


1- Oferecer medicamentos com mais qualidade, seguros e eficazes, com comprovação em testes de equivalência farmacêutica e bioequivalência;


2- Como os fabricantes de medicamentos genérico não precisam investir em pesquisa e propaganda, o consumidor final pega menos pelo medicamento;


3- Com a concorrência, os medicamentos de referência também sofrem reduções no preço;


4- Aumento do acesso da população a remédios de qualidade. Hoje em dia, quase 30% das vendas em farmácias são de medicamentos genéricos.


5- Regras mais rígidas dos órgãos sanitários, o que faz muita diferença na segurança do que consumimos;


6- Atualização nos testes de bioequivalência;


7- Fortalece a indústria e impulsiona a economia, gerando mais investimentos em tecnologia para o setor farmacêutico.


Em resumo, a ampliação do acesso aos medicamentos e a diminuição dos custos dos tratamentos podem ser consideradas as grandes vantagens da política de medicamentos genéricos.


Nesse quesito, se beneficiam tanto a indústria farmacêutica, que se atualiza e se desenvolve, quanto o consumidor, que tem o acesso à saúde facilitado pela baixa nos preços.


Você sabe as diferenças entre medicamentos de referência, genéricos e similares? No Instagram @centralgenericos nós falamos sobre esse assunto no programa Palavra do Especialista, do IGTV. Siga nosso perfil e obtenha informações importantes dos nossos especialistas!


6 visualizações

Posts recentes

Ver tudo